sexta-feira, 1 de março de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Governo do Pará e Prefeitura de São Félix do Xingu promovem mutirão de atendimentos médicos e entrega de cestas básicas a famílias expulsas da Apyterewa

Além dos atendimentos médicos e odontológicos, as famílias receberam mais uma remessa de cestas básicas e água para beber. Já foram entregues 2 mil cestas de alimentos e mais 2 mil devem ser entregues nos próximos meses.
A ação levou diversos atendimentos médicos e odontológicos às famílias que estão acampadas perto da vila São Francisco, além de alimentos, medicamentos e água potável (Foto: Divulgação)

Uma ação conjunta da Prefeitura de São Félix do Xingu e do Governo do Pará levou um mutirão de atendimentos médicos e odontológicos e cestas básicas às famílias que foram expulsas da Apyterewa. O trabalho ocorreu nesta sexta-feira (26), no acampamento improvisado perto da Vila São Francisco. A gestão do prefeito João Cleber (MDB) segue sensível e solidária à situação difícil às quais essas pessoas foram submetidas devido à operação de desinstrusão.

A ação é uma das formas que a prefeitura e o governo estadual têm para mitigar o impacto social que a desintrusão da Apyterewa causou em São Félix do Xingu (Foto: Divulgação)

Desde novembro do 2023, a Prefeitura de São Félix do Xingu e o Governo do Pará têm levado cestas básicas e água para as famílias que estão acampadas e em condições precárias. A maioria é egressa da Vila Renascer, principal palco da operação de Desintrusão da Apyterewa, determinada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e cumprida pelo Governo Federal. O prefeito João Cleber informou que já foram distribuídas 2 mil cestas e mais 2 mil serão entregues nos próximos meses.

Várias crianças estão entre as famílias expulsas da Apyterewa e puderam receber diversos cuidados médicos na ação desta sexta-feira (Foto: Divulgação)

Durante a ação desta sexta-feira, médicos, dentistas e equipes da Assistência Social de São Félix do Xingu atenderam uma grande quantidade de pessoas com exames rápidos, pequenos procedimentos, administração de medicamentos e primeiros socorros. Ações itinerantes como essa devem se repetir mais vezes, enquanto os poderes públicos municipal e estadual buscam uma solução definitiva e mais digna para a população expulsa da Apyterewa.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!