quarta-feira, 24 de abril de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Governo do Pará inaugura Centro de Treinamento Agroecológico, Inovação Tecnológica e Pesquisa em Conceição do Araguaia

A entrega da obra fez parte de um conjunto de agendas que o Governo do Estado cumpre na região sul do Pará, incluindo Ourilândia do Norte, Rio Maria, Sapucaia e Xinguara
O governador Helder Barbalho, o deputado Torrinho Torres e o prefeito Jari Martins participaram a da inauguração do centro que vai potencializar a produção agropecuária no sul do Pará (Foto: Instagram / Torrinho Torres)

O Governo do Pará entregou, nesta quarta-feira (24), o Centro de Treinamento Agroecológico, Inovação Tecnológica e Pesquisa, em Conceição do Araguaia, no sul do Pará. A instituição é vinculada à Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater). Lá se encontra a primeira agroindústria pública de leite e derivados e o primeiro laboratório público de solos da região. A inauguração contou com a presença do governador Helder Barbalho (MDB), o deputado estadual Torrinho Torres (Podemos) e o prefeito Jair Martins (MDB).

“Estamos avançando para ofertar serviços, descentralizando atendimentos e garantindo que cada região do Estado possa ter plenamente aquilo que necessita para o seu desenvolvimento. Hoje, a Emater abre as portas do mais importante centro de estudos de tecnologia, de pesquisa para o fortalecimento das atividades produtivas desta região com análises de solo; fábrica de leite… tudo para estimular a produção leiteira e pesquisas diversas para não necessitar que o produtor tenha que contratar a iniciativa privada gerando custo para a sua atividade”, declarou Helder Barbalho.

O investimento no Centro de Treinamento Agroecológico, Inovação Tecnológica e Pesquisa da Emater foi de R$ 3 milhões. São 50 hectares da estrutura que vai atender a pelo menos 2 mil famílias de 15 municípios da região sul do Pará, garantindo acesso imediato a serviços de tecnologia avançada, totalmente gratuitos, para aperfeiçoar atividades como pecuária e fruticultura. Na Agroindústria, pecuaristas serão capacitados sobre as tecnologias para processamento de leite, iogurte e queijo. A capacidade operacional é de até 3 mil litros por dia.

Já o Laboratório de Solos permitirá análise antes de cada ciclo de plantio, a fim de corrigir a química. A produtividade de qualquer plantio pode aumentar em 100% ou mais. Até então, além de pagar pelos exames, os produtores precisavam enviar material para a Belém ou para o estado de Goiás. O Centro também dispõe de viveiros e de áreas de cultivo: são meio-hectare de feijão, dois hectares de milho e dois hectares de capim Capiaçu, por exemplo.

O centro tem 50 hectares ao todo e abriga várias estruturas e serviços para potencializar o desenvolvimento e a pesquisa agropecuária no sul do Pará (Foto: Wellygton Coelho / Agência Pará)

Ainda em Conceição do Araguaia, o Governo repassou o registro sanitário para a primeira agroindústria de beneficiamento de polpa de frutas do município, a Cooperativa Mista de Pequenos Agricultores do Araguaia (Copag). Criada em 1998, a organização atua na área de produção, industrialização, comercialização e assistência técnica dos agricultores familiares com abrangência nos 15 municípios da região sul do Pará. A capacidade de produção é de 4 toneladas por dia e deve beneficiar 48 famílias de agricultores.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!