sexta-feira, 1 de março de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

“Polícia do mal”, diz menino assustado com truculência da Força Nacional na Apyterewa; veja vídeo

Vídeo foi gravado na tarde do dia 16 de outubro, durante protestos da comunidade da Vila Renascer pela morte de um agricultor, vitimado por um disparo de fuzil da Força Nacional
Debaixo da faixa na qual moradores da Apyterewa pediam ajuda humanitária à ONU, o Batalhão de Choque da Força Nacional se alinhava para reprimir os protestos da comunidade após a morte de um agricultor (Foto: Neia Craveiro / Jucelino Show na Net / Especial para o Fato Regional)

Um menino que mora na Vila Renascer, na Extensão Apyterewa, em São Félix do Xingu, chamou a atenção por questionar a ação de agentes da Força Nacional na operação de desintrusão. De forma inocente, enquanto a mãe gravava um princípio de confronto entre moradores e os agentes federais na semana passada, ele expressou a confusão “A polícia tá contra nós? Mas as polícias são bonzinhas… tem polícia do mal”.

Após o vídeo viralizar nas redes sociais pela região sul do Pará, muita gente ficou comovida. Enquanto a fumaça das bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo se espalhavam pela Vila Renascer, a mãe dele orava para que a violência acabasse. Sem saber o que dizer à criança, a mulher apenas concordou “é… tem polícia do mal”.

O vídeo teria sido gravado no dia 16 de outubro, no princípio de confronto entre as famílias que moram na Apyterewa e a Força Nacional. Tudo ocorreu após a morte do agricultor Ozéas dos Santos Ribeiro, de 37 anos, que foi atingido por um tiro de um agente federal após uma abordagem na Vila Renascer. O agente foi afastado e o caso está sob investigação.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!