sexta-feira, 24 de maio de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Raudeyck Bessa, presidente da subseção São Félix do Xingu da OAB-PA, recebe a Medalha do Mérito Tiradentes

A cerimônia para a entrega das medalhas será nesta segunda-feira (22), na sede do Comando de Missões Especiais da Polícia Militar, em Belém. A Medalha do Mérito Tiradentes é concedida a personalidades civis e militares que, de alguma forma, contribuíram para o desenvolvimento e iniciativas em prol do Estado. Será a segunda comenda de Raudeyck Bessa em menos de um ano.
O presidente da Subseção São Félix do Xingu da OAB-PA, Raudeyck Bessa, recebeu a Comenda do Mérito Advocatício em setembro de 2023 e agora receberá a Medalha do Mérito Tiradentes (Foto: Divulgação)

Raudeyck de Oliveira Bessa, o presidente da Subseção São Félix do Xingu da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Pará (OAB-PA), está entre os agraciados, em 2024, com a Medalha do Mérito Tiradentes. A honraria é concedida a personalidades civis e militares que, de alguma forma, contribuíram para o desenvolvimento e iniciativas em prol do Pará. A cerimônia será nesta segunda-feira (22), na sede do Comando de Missões Especiais da Polícia Militar, em Belém.

A lista de personalidades agraciadas com a Medalha do Mérito Tiradentes foi divulgada na edição do Diário Oficial do Estado do Pará de sexta-feira (19). Além de Raudeyck e presidente da Subseção São Félix do Xingu da OAB-PA, o deputado João Cleber e o prefeito Torrinho também foram agraciados. Constam na lista também outros parlamentares, prefeitos, dirigentes de órgãos estaduais, membros do Judiciário e servidores públicos em geral, além de policiais militares, bombeiros e membros das Forças Armadas.

Será a segunda honraria recebida por Raudeyck Bessa em menos de um ano. Em setembro de 2023, durante a Conferência Estadual da Advocacia do Estado do Pará, ele recebeu a Comenda da Ordem do Mérito Advocatício, que representa grande prestígio na classe. Na ocasião, ele reforçou que reconhecimentos como esses se tornam “…incentivos para continuar lutando pelo bom desempenho da advocacia, da luta pela democracia, pelos direitos humanos e em especial pela ordem”.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!