domingo, 23 de junho de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Suposto faccionado do PCC, foragido de São Félix do Xingu, morre após reagir a abordagem da Polícia Civil em Marabá

Conhecido como Angeliel Saraiva Amaro, o 'Léo', era supostamente membro do PCC em São Félix do Xingu. Havia um mandado de prisão contra ele por um homicídio. Mas quando os agentes tentaram cumprir o mandado, ele teria reagido e foi baleado, no bairro da Paz, em Marabá.
Angeliel, o 'Léo', reagiu à abordagem dos policiais e sacou uma arma. Os agentes também reagiram à ameaça e atiraram. Ele ainda foi socorrido, mas não resistiu (Foto: Redes Sociais)

Angeliel Saraiva Amaro, mais conhecido como ‘Léo’, morreu ao reagir a uma abordagem da Polícia Civil em Marabá. O confronto ocorreu na manhã desta segunda-feira (10), no bairro da Paz, quando os agentes tentavam cumprir um mandado de prisão contra o suspeito, que supostamente fazia parte do PCC. Ele era investigado por um homicídio em São Félix do Xingu, em 2023.

O cerco contra Angeliel “Léo” começaram a se fechar na última quinta-feira (6), quando ele se envolveu num assalto com tomada de refém em Marabá. Ele conseguiu escapar. A equipe da Superintendência Regional do Alto Xingu (14ª RISP), sob a coordenação do delegado Rafhael Machado, tomou conhecimento do fato e então trocou informações com a equipe da Polícia Civil de Marabá. Após confirmarem a identidade do suspeito, os agentes partiram em busca dele.

Chegando à rua Cuiabá, no bairro da Paz, os agentes da Polícia Civil da 14ª RISP localizaram Angeliel “Léo” perto de uma quitinete onde estava morando. Ao perceber a chegado dos policiais, ele tentou correr para dentro do imóvel. Os policiais deram voz de prisão a ele, porém, acuado, sacou um revólver calibre 38. Os policiais também reagiram à ameaça e atiraram contra ele.

A arma que Angeliel ‘Leo’ sacou quando se viu acuado pelos policiais (Foto: Polícia Civil)

O suspeito ainda foi socorrido pelos policiais civis e chegou vivo ao Hospital Municipal de Marabá. Ele não resistiu e morreu durante o atendimento. Por nota, a 14ª RISP e a PC de Marabá comunicaram que as diligências prosseguem para apuração dos demais envolvidos no crime contra o patrimônio e também do caso do homicídio em São Félix do Xingu.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!