domingo, 14 de julho de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Suspeito de tentar atropelar pessoas e dar tiros após show da banda Calcinha Preta, em Tucumã, é preso

Uma pessoa chegou a ser atingida pelos disparos de arma de fogo feitos por Marcos Vinícius Curvelo de Souza. Os crimes ocorreram logo após o show da banda, já na madrugada do dia 11 de dezembro do ano passado. Havia um mandado de prisão contra o suspeito por tentativa de homicídio qualificado.
Marcos Vinícius é suspeito de tentar atropelar pessoas e de ferir uma outra pessoa com um disparo de arma de fogo (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

Mais um fã de Calcinha Preta virou “manchete dos jornais” pelos motivos errados. Marcos Vinicius Curvelo de Souza foi preso por suspeita de tentativa de homicídio qualificado, em Tucumã, no Sul do Pará. Após o show da banda, na madrugada do dia 11 de dezembro do ano passado, ele teria tentado atropelar várias pessoas com a caminhonete que dirigia. E ainda fez disparos de arma de fogo que atingiram uma pessoa. Foi pior que o vice-prefeito de Catende (PE).

Marcos foi preso pelas equipes da Delegacia de Tucumã e Superintendência Regional do Alto Xingu (Foto: Polícia Civil)

Havia um mandado prisão preventiva contra Marcos Vinícius, que foi cumprido no final da noite desta quarta-feira (26). Agentes da Delegacia de Tucumã, vinculada à Superintendência Regional do Alto Xingu, apreenderam também a caminhonete que ele dirigia, uma Hilux branca (placa RWN-5f46). Após o show, ocorreram outros crimes em Tucumã, como mais um homicídio tentado e outro consumado, já solucionados pela PC, mas não envolvem o suspeito.

A caminhonete de Marcus Vinícius foi apreendida por conta de um mandado judicial (Foto: Polícia Civil)

Marcos já está à disposição do Poder Judiciário. O veículo foi apreendido por conta de um mandado de busca e apreensão.

ATUALIZAÇÃO ÀS 12H52

Em respeito ao princípio da presunção de inocência e sempre abrindo espaço para a defesa dos mencionados em casos policiais, o Fato Regional manteve contato com o advogado Dr. Calil Souza, que emitiu o seguinte posicionamento (publicado na íntegra):

“A defesa do Sr. Marcos Vinícius, por meio de seu advogado Dr. Calil Souza, salienta em informar que o acusado em questão se declara inocente, no dia do fato ele se encontrava em outra localidade e sua caminhonete estava em posse de seu funcionário. Ademais, no momento oportuno será comprovado a sua inocência”.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!