domingo, 3 de março de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Trabalhadores da Dínamo, prestadora de serviços da Equatorial, anunciam possível greve no sul e sudeste do Pará

Desde o ano passado os trabalhadores da Dínamo Engenharia, que tem cerca de 600 funcionários na prestação de serviços para a Equatorial Pará, vêm cobrando direitos trabalhistas e condições de trabalho. No entanto, no movimento que chegou a paralisar as atividades em 2023, vários funcionários foram demitidos, enquanto outros, como apontam os líderes da mobilização, vêm sofrendo perseguições.
Foto da mobilização do ano passado, momento em que os trabalhadores da Dínamo começaram a cobrar pagamentos de benefícios trabalhistas, vantagens de carreira e condições de trabalho no sul e sudeste do Pará. Segundo os líderes do movimento de greve, além de não cumprir o acordo, a prestadora de serviços da Equatorial estaria punindo funcionários que estivessem se posicionando (Foto: Redes Sociais / Arquivo)

Trabalhadores da Dínamo Engenharia, empresa que presta diversos serviços para a Equatorial, anunciaram que podem entrar em greve no sul e sudeste do Pará. O motivo seria o descumprimento de um acordo para regularização de pagamentos de benefícios trabalhistas, vantagens de carreira e condições de trabalho. Os funcionários fizeram várias manifestações e chegaram a paralisar as atividades no ano passado.

O acordo que pôs fim à mobilização dos trabalhadores da Dínamo Engenharia em 2023 foi firmado em novembro e estava tendo acompanhamento do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (TRT8). As mobilizações ocorreram em Redenção, Marabá, Tucuruí e Parauapebas. A empresa tem cerca de 600 empregados, como apontam as entidades trabalhistas.

Denúncias de lideranças do movimento de greve apontam que todos os trabalhadores que encabeçaram as mobilizações de 2023 foram demitidos. E outras pessoas que vêm se posicionando estão sendo perseguidas e sofrendo punições que chegam ao extremo de demissões sem justa causa.

O que reivindicam os trabalhadores da Dínamo Engenharia:

  • pagamento de férias em dobro e horas extras
  • regularização do FGTS dos funcionários ativos até janeiro de 2024
  • apresentação de proposta de plano de saúde e cronograma de manutenção de veículos
  • melhoria de condições de trabalho em geral
  • fim da perseguição aos funcionários

Por nota enviada ao Fato Regional, a Equatorial Pará informou que “…solicitou informações à empresa Dínamo Engenharia acerca do acordo recentemente firmado entre ela e seus colaboradores em novembro de 2023. A prestadora de serviços comunicou que está cumprindo rigorosamente o estabelecido no acordo”.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!