quarta-feira, 24 de abril de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Conheça 10 benefícios do cacau, matéria-prima do chocolate e uma das principais culturas do Sul do Pará

Chocolate é a forma mais comum de consumir cacau e aproveitar seus benefícios. Quanto maior a concentração de cacau, fica menos doce e entrega muito mais benefícios. Mas tem como consumir o cacau em pó, as amêndoas torradas e sucos da polpa.
O cacau é repleto de benefícios à saúde, mesmo quando consumido através de subprodutos e entre eles o mais famoso, o chocolate (Foto: Divulgação / Via Bio Mundo)

O cacau é uma das principais culturas da região Sul do Pará, com destaque para Tucumã e São Félix do Xingu. É tão importante que tem um dia dedicado ao fruto, que é o dia 26 de março. A Páscoa e outras datas comemorativas atreladas ao consumo de chocolates — um dos subprodutos mais famosos e amados do cacau — são boas oportunidades para saber que o consumo do fruto é cercado de benefícios para a saúde. E pelo menos 10 benefícios são reconhecidos através de pesquisas.

Chocolate não é apenas gostoso. Faz bem quando consumido em porções adequadas e com boas concentrações de cacau. Cada chocolate tem um percentual de cacau na receita. Quanto maior a concentração de cacau, fica menos doce e entrega muito mais benefícios. Mas tem como consumir o cacau em pó, as amêndoas torradas e sucos da polpa. O Pará, segundo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é o líder nacional da produção de cacau, com 51,80% do total produzido no Brasil.

A nutricionista Fernanda Larralde — especializada em Nutrição Esportiva, Saúde da Mulher e Fitoterapia, formada em Coaching Nutricional e palestrante parceira da Bio Mundo — explica que o consumo regular de cacau pode ajudar a melhorar o humor, a circulação sanguínea, a regular o açúcar no sangue e a proteger o coração. O fruto tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes.

“O cacau possui um alto teor de flavonoides, principalmente epicatequinas e catequinas, compostos com propriedades antioxidantes. O ideal é consumir o chocolate em uma proporção adequada para obter os benefícios, que seria 2 colheres de chá de cacau em pó por dia ou 40g de chocolate amargo, o que equivale a cerca de 3 quadrados”, acrescenta Fernanda.

O consumo de 100g de cacau em pó contém 365,1 kcal calorias, 21 gramas de proteína, 18 gramas de carboidrato, 23,24 gramas de gordura, 33 gramas de fibras, 75 mcg de vitamina B1, 395 mg de magnésio, 2057 mg de teobromina, 6,8 mg de zinco, 92 mg de cálcio, 2,7 mg de ferro, 59 mg de sódio, 455 mg de fósforo, 1100 mcg de vitamina B2, 900 mg de potássio, 14,3 mg de selênio e 12 mg colina.

Conheça 10 benefícios para quem faz uso do cacau na alimentação, segundo a nutricionista Fernanda Larralde:

  1. Reduz a pressão sanguínea: O cacau pode ajudar a baixar a pressão arterial, pois afeta a produção de óxido nítrico, que está diretamente associado ao relaxamento dos vasos sanguíneos.
  2. Reduz a inflamação: Como o cacau é rico em antioxidantes, é capaz de reduzir os danos celulares causados pelos radicais livres e a inflamação. Além disso, alguns estudos mostram que o consumo de cacau reduz a quantidade de proteína C reativa no sangue, um indicador de inflamação.
  3. Reduz o risco de diabetes: Alguns estudos mostram que o cacau pode retardar a digestão de carboidratos no nível intestinal, além de proteger as células responsáveis pela produção de insulina no pâncreas e melhorar a secreção de insulina. Também pode reduzir a resistência à insulina, auxiliando na redução do risco de diabetes.
  4. Previne a demência: O cacau é rico em teobromina, um vasodilatador que promove o fluxo sanguíneo para o cérebro e ajuda a prevenir doenças neurológicas, como a demência e o Alzheimer. Além disso, o cacau é rico em selênio, mineral que ajuda a melhorar a cognição e a memória.
  5. Previne a anemia: O cacau é rico em ferro, que pode ajudar a prevenir a anemia. O ferro é necessário para formar a hemoglobina, componente dos glóbulos vermelhos que é responsável pelo transporte de oxigênio pelo corpo e costuma ser encontrado em quantidades menores quando há o diagnóstico de anemia.
  6. Previne a trombose: O cacau é rico em flavonoides, que melhora a circulação sanguínea e reduz o risco da formação de coágulos no sangue.
  7. Melhora o humor: O cacau ajuda a melhorar o humor e combater os sintomas da depressão e ansiedade, pois é rico em teobromina, cafeína, feniletilamina e tiramina, um precursor do triptofano, também precursor da serotonina, um neurotransmissor envolvido na regulação do humor, frequência cardíaca, sono e apetite.
  8. Ajuda a regular o colesterol: O cacau é rico em antioxidantes que ajudam a prevenir o depósito de gordura nos vasos sanguíneos, evitando a formação de placas ateroscleróticas e doenças cardiovasculares.
  9. Regula o intestino: O cacau é rico em flavonoides colônicos e catequinas, que podem aumentar o número de bifidobactérias e bactérias do ácido lático, que são bactérias boas e possui efeito prebiótico e melhora a função intestinal.
  10. Ajuda a controlar o peso: O cacau ajuda a reduzir a absorção e a síntese de gordura. Seu consumo aumenta a saciedade, pois eleva os níveis de insulina, mas esse benefício está associado principalmente ao chocolate amargo, não ao leite ou ao chocolate branco, que em sua composição tem maior teor de açúcar e gordura e muito pouco cacau.

(Da Redação do Fato Regional, com informações da Bio Mundo)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!