sexta-feira, 12 de abril de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Filho é preso sob suspeita de matar a própria mãe a pauladas em Ourilândia do Norte

O suspeito confessou o crime que teve um motivo banal: a mãe teria se recusado a sair da casa que ele estaria limpando e com frieza contou detalhes dos golpes
Valdenir recebeu voz de prisão em flagrante por suspeita de homicídio contra a própria mãe, dona Cícera, em Ourilândia do Norte (Foto: Polícia Civil)

Cícera Alves da Silva, de 80 anos, foi assassinada a pauladas, em Ourilândia do Norte, no sul do Pará, na tarde desta quinta-feira (16). O principal suspeito do crime foi preso: Valdenir Alves Rodrigues, filho dela, que confessou após dar diferentes versões para a morta da mãe. O motivo foi considerado banal. A arma do matricídio foi encontrada.

Eram aproximadamente 15h quando a equipe do delegado Elioenai, da Delegacia de Polícia Civil de Ourilândia do Norte, tomou conhecimento da morte suspeita de uma idosa na rua Castanheira, setor Joel Hermógenes. Quando os agentes chegaram, encontraram o corpo de Cícera no chão, com ferimentos na cabeça e uma poça de sangue no chão.

Dona Cícera tinha 80 anos e foi morta pelo próprio filho por um motivo fútil (Foto: Acervo Pessoal da Família)

 

Valdenir foi questionado pelos policiais e inicialmente disse que a idosa havia caído e batido a cabeça. A versão não convenceu os policiais, mas após o exame cadavérico no hospital municipal, foi constatada a morte por politraumatismo craniano e a perfuração no pescoço. Foi quando a equipe do delegado Elioenai confrontou o filho de Cícera.

Valdenir primeiro disse aos policiais que a mãe teve um acidente, mas depois confessou, com frieza e detalhes, que ele mesmo havia espancado ela com um pedaço de pau (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

 

Em depoimento na delegacia, Valdenir então, como informaram os policiais, confessou que matou Cícera. E contou com frieza os detalhes do crime. O motivo, no relato dele, é que a mãe teria se recusado a sair da casa onde ocorreu o matricídio para que ele limpasse. Discutiram e com um pedaço de pau, atingiu o pescoço dela. A idosa caiu e ele deu mais dois golpes contra a cabeça.

O pedaço de pau usado para matar Cícera foi encontrado com vestígios de sangue e foi apreendido para perícia (Foto: Polícia Civil)

 

Na casa, os policiais encontraram o pedaço de pau usado no crime e o instrumento foi encaminhado para a perícia. Havia resquícios de sangue no objeto. Valdenir foi autuado por suspeita de homicídio qualificado e está à disposição do Poder Judiciário. Este é foi o segundo homicídio ocorrido em Ourilândia do Norte, em menos de 24 horas, e que teve rápida resolução pela equipe do delegado Elioenai.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!