sexta-feira, 12 de abril de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Homem é morto com três tiros no peito, no setor Paulista, em Ourilândia do Norte

O corpo de Antônio da Silva Reis apresentava três ferimentos por arma de fogo no peito e os policiais atuam para identificar se os disparos foram feitos no próprio local ou se o corpo foi descartado na rua 31 do setor Paulista para dificultar as investigações. Diligências estão em curso e a comunidade pode repassar informações, em segurança, pelo Disque-Denúncia (181), sem a necessidade de se identificar.
O corpo de Antônio foi encontrado no início da manhã desta segunda-feira, 26 de fevereiro, em frente a uma casa no setor Paulista (Foto: Redes Sociais)

Um homem identificado como Antônio da Silva Reis foi morto a tiros, na madrugada desta segunda-feira (26), em Ourilândia do Norte, no sul do Pará. O corpo foi encontrado na rua 31, no setor Paulista. Ainda não há certeza se a vítima morreu no local ou foi apenas descartada lá. As polícias Civil e Militar estão em diligências na busca por suspeitos, testemunhas e identificar as motivações por trás do homicídio.

Antônio apresentava três ferimentos provocados por arma de fogo, todos na região do peito. Após a análise prévia do local do crime pela Polícia Civil, o corpo foi removido por uma funerária e será encaminhado para perícia. Por enquanto, ainda não há informações sobre possíveis suspeitos e por qual razão iriam querer matar Antônio.

Antônio estava com três ferimentos por arma de fogo no peito, mas não há certeza se os disparos foram feitos no local ou se ele teve o corpo descartado na rua 31 do setor Paulista (Foto: Redes Sociais)

Quaisquer informações que possam ajudar na solução do caso podem ser encaminhadas ao Disque-Denúncia (181). Se a informação for mais urgente, o ideal é ligar para o 190. A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer telefone. Também é possível mandar fotos, vídeos, áudios e localização para a atendente virtual Iara, pelo WhatsApp (91) 98115-9181. Não é necessário se identificar.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!