sábado, 15 de junho de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Polícia Federal investiga advogados do Piauí e do Maranhão por suposta fraude contra a previdência no Pará; prejuízos podem chegar a R$ 15 milhões

Os advogados teriam movido vários processos, usando documentos falsos, junto à Justiça Federal em Marabá, que decretou o sequestro de bens no valor de R$ 9 milhões
A operação 'Patronos' da PF cumpriu mandados de busca e apreensão nas casas e escritórios de advocacia dos suspeitos, no Piauí e no Maranhão (Foto: Polícia Federal)

A PF deflagrou, nesta sexta-feira (17), a operação “Patronos”, para investigar e combater um suposto esquema de fraudes contra a Previdência Social no Pará, praticado por um grupo de advogados do Maranhão e do Piauí. Os prejuízos estimados variam de R$ 9.086.306,57 a R$ R$ 15.957.673,14. Estão sendo cumpridos 4 mandados de busca e apreensão nas casas e escritórios de advocacia dos suspeitos, nas cidades de Teresina (PI) e Santa Luzia (MA).

Os advogados, como informou a Polícia Federal, são do Maranhão e do Piauí. Com o suposto uso de documentos falsos, eles teriam ingressado com diversas ações previdenciárias na Justiça Federal de Marabá. Foram localizados 1.086 processos, com o mesmo modus operandi. Os danos aos cofres públicos também prejudicam legítimos beneficiários da Previdência Social. Nas medidas autorizadas, foram quebrados os sigilos telemáticos dos alvos da operação. os alvos da operação, nas cidades de Teresina/PI e Santa Luzia/MA.

“A Justiça Federal em Marabá decretou o sequestro de valores – R$ 9.086.306,57, constantes nas contas bancárias dos investigados, bem como apreensão de bens de elevado valor proveitos do crime. Confirmadas as hipóteses criminais investigadas, os envolvidos poderão responder pelos crimes de estelionato previdenciário, nos termos do art. 171, §3ª do Código Penal”, informou a PF por nota.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!