segunda-feira, 27 de maio de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Defesa Civil monitora cheia acima do normal de rios e igarapés de São Félix do Xingu

A seca dos rios foi motivo de o município ter entrado em estado de emergência reconhecido pelo Governo Federal, no final de 2023. Por enquanto, a recuperação do nível dos rios era aguardada, só que apresentou um ritmo acelerado, ainda que tardio e que leva a Defesa Civil a monitorar a situação que ainda é considerada dentro da normalidade
Na PA-279 era possível ver como o rio Carapanã encheu (Foto: Wesley Costa / Fato Regional)

A Defesa Civil Municipal de São Félix do Xingu, no Sul do Pará, está monitorando o aumento considerado acima do normal do nível de rios e igarapés que passam pela cidade. O fenômeno é considerado normal e até aguardado, já que a seca levou o município a entrar em estado de emergência no final de 2023. No entanto, a retomada do nível segue um ritmo acelerado e é visto com atenção. Nesta quinta-feira (18), quem passava pela rodovia PA-279 podia ver como o rio Carapanã estava cheio.

Ao Fato Regional, o coordenador da Defesa Civil Municipal de São Félix do Xingu, Mauro Sousa, explicou que por enquanto o aumento do nível dos rios não chega a gerar um alerta. Foram registrados aumentos no nível dos igarapé Carapanã, Xadá e Triunfo. Já os rios Xingu e Fresco tiveram aumento, mas ainda não exatamente como esperado. “Por enquanto, nada que ultrapasse o nível considerado dentro do esperado. Porém, estão subindo e se continuar desse jeito, nesse ritmo, teremos de nos preocupar”, disse.

Devido à seca dos rios, São Félix do Xingu teve a situação de emergência reconhecida no final de novembro de 2023 e com validade até 6 de maio deste ano. Os laudos da Defesa Civil apontaram que cerca de 20% da população xinguense da zona rural foi afetada, afetando cerca de 9,8 mil pessoas. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente considera positivo devido à seca prolongada e aponta que a recuperação do nível das águas demorou mais que o esperado.

ACESSE AQUI E SAIBA MAIS SOBRE A SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA DEVIDO À SECA EM SÃO FÉLIX DO XINGU

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!