sexta-feira, 12 de abril de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Megaoperação para capturar bando que sequestrou família em São Félix do Xingu prossegue neste sábado (24)

Após os agentes da Patrulha Rural, do 36º Batalhão de Polícia Militar, interceptarem o bando de assaltantes que sequestrou duas mulheres e duas crianças, em São Félix do Xingu, nesta sexta-feira (23), um suspeito morreu e outro foi preso. A PM estima que outros cinco criminosos estejam escondidos nas matas do distrito de Ladeira Vermelha. A operação segue neste sábado (24), com uso de helicóptero e mais policiais na caçada.
A caçada aos suspeitos segue neste sábado, dia 24, pela zona rural de São Félix do Xingu, com uso de helicóptero e viaturas por terra (Foto: 36º BPM)

A megaoperação montada para capturar o bando que sequestrou uma família e roubou uma caminhonete, na zona rural de São Félix do Xingu, no sul do Pará, prossegue neste sábado (24). A Patrulha Rural, do 36º Batalhão de Polícia Militar (BPM), agora conta com reforços e utiliza um helicóptero na caçada a pelo menos cinco suspeitos. Ainda neste sexta-feira (23), após as duas mulheres e duas crianças serem resgatadas, um suspeito morreu e outro foi preso. O veículo roubado foi recuperado.

O suspeito identificado pelo apelido de “Monstro” foi o primeiro preso da operação (Foto: 36º BPM)

A megaoperação foi montada pelo capitão Júlio, comandante do 36º BPM, assim que a polícia tomou conhecimento do roubo de veículo seguido de sequestro, na vicinal Gameleira, no distrito Sudoeste, em São Félix do Xingu. Os assaltantes seguiram em alta velocidade com o veículo roubado e uma segunda caminhonete — possivelmente Hilux ou Ranger de cor de verde — em direção a Tucumã. O trabalho conta com apoio de todos os batalhões vinculados ao Comando de Policiamento Regional XIII, sob o comando do tenente-coronel Carmona.

O segundo veículo usado pelos assaltantes e que foi apreendido (Foto: 36º BPM)

“Nossa pronta resposta se deu pela criação da Patrulha Rural, equipes destacadas e vinculadas ao 36º BPM que são especializadas e direcionadas no policiamento ostensivo nas zonas rurais dos municípios onde o batalhão atua, em Tucumã, Ourilândia e São Félix do Xingu. Nossa prioridade era assegurar o resgate, em segurança, das vítimas do sequestro e preservar suas vidas. Agora estamos na segunda etapa que é capturar os criminosos. Já tivemos mais de uma troca de tiros com os suspeitos e nossos policiais prevaleceram. Um morreu suspeito e outro foi preso. Só daremos a operação por encerrada quando todos forem capturados”, disse o capitão Júlio ao Fato Regional.

O suspeito preso foi identificado como Cristiano das Neves de Sousa Lima, conhecido pelo apelido de “Monstro”, que está preso e à disposição da Justiça. O suspeito morto foi identificado como Wendri Souza. Os suspeitos seriam conhecidos dos policiais e possivelmente são faccionados do Comando Vermelho.

O suspeito morto foi identificado como Wendri Souza e também, supostamente, seria facionado do Comando Vermelho

Como a ocorrência está em andamento, essa matéria poderá ser atualizada novamente nas próximas horas. Acompanhe!

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!