sexta-feira, 1 de março de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Preço do Boi Gordo no sul e sudeste do Pará abre 2024 com estabilidade; veja cotação em São Félix do Xingu, Redenção e Água Azul do Norte

Paragominas e Água Azul do Norte são as cidades com maior valorização do gado neste começo de 2024, mas ainda distantes da cotação nacional que passa dos R$ 250
Confira os preços do Boi Gordo no sul e sudeste do Pará e tendência do mercado nacional (Foto: Pedro Guerreiro / Agência Pará / Arquivo / Imagem Ilustrativa)

O preço da arroba do boi gordo, nas praças do sul e sudeste do Pará, começou 2024 com a estabilidade de preços registrada em dezembro do ano passado. No entanto, estão bem distantes da cotação do mercado nacional, que nesta quinta-feira (4) é de R$ 250,15 na bolsa de valores.

No levantamento do Fato Regional junto a frigoríficos e análises de mercado de instituições especializadas, Paragominas segue com a arroba do boi gordo mais valorizada das regiões sul e sudeste do Pará, seguido de Água Azul do Norte.

Há uma tendência de valorização do gado paraense com o período mais chuvoso do chamado “inverno amazônico”, ao passo que outras praças do eixo centro-sul do Brasil podem começar a sofrer com temperaturas elevadas e estiagem devido a instabilidades climáticas.

Confira os preços da arroba do boi gordo nas principais praças do sul e sudeste do Pará nesta quinta-feira (04/01)

Água Azul do Norte

  • Boi China: R$ 213
  • Novilho China: R$ 200

São Félix do Xingu

  • Boi gordo: R$ 200
  • Vaca Gorda: R$ 185

Marabá

  • Boi gordo: R$ 210
  • Vaca gorda: R$ 195

Paragominas

  • Boi gordo: R$ 220,50
  • Vaca gorda: R$ 211

Redenção

  • Boi gordo: R$ 202
  • Vaca gorda: R$ 187

FONTES: FRIGOL, CEPEAMELHOR CÂMBIO E AGROLINK

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!