terça-feira, 21 de maio de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Sul do Pará: operação da PRF apreende 135 metros cúbicos de madeira irregular e recupera veículos roubados nas BRs 155 e 158

As ações foram realizadas Redenção, Sapucaia, Rio Maria, Xinguara e Casa de Tábua (distrito de Santa Maria das Barreiras), municípios por onde passam as BRs 158 e 155, que há algum tempo não eram alvos de operações da Polícia Rodoviária Federal. Foram apreendidos um total de 135 metros cúbicos de madeira em condição irregular, três caminhões, quatro veículos roubados e 22 comprimidos de anfetamina (Nobésio)
No distrito de Casa de Tábua, em Santa Maria das Barreiras, a PRF abordou dois caminhoneiros que estavam trabalhando juntos no transporte da madeira e apresentaram um documento falso da carga (Foto: PRF)

NOTA DA REDAÇÃO: esta matéria foi atualizada às 10h30 desta terça-feira (27) após a PRF confirmar que as ações informadas inicialmente faziam parte de uma operação maior e que teve o resultado final total divulgado.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou a operação “Confim”, entre os dias 22 e 25 de fevereiro, nos municípios do sul do Pará por onde passam as BRs 155 e 158: Redenção, Sapucaia, Rio Maria, Xinguara e Casa de Tábua (distrito de Santa Maria das Barreiras). A ação resultou na apreensão de um total de 135 metros cúbicos de madeira em condição irregular, três caminhões, recuperação de quatro veículos e 22 comprimidos de anfetamina (Nobésio). Foram registrados seis boletins de ocorrências.

Grande parte da madeira foi apreendida no sábado (24), quando a PRF apreendeu um total de 114 metros cúbicos de madeira, em situação irregular, na rodovia BR-158, no sul do Pará. Foram dois flagrantes sendo um em Redenção e outro no distrito de Casa de Tábua, em Santa Maria das Barreiras.

O primeiro flagrante ocorreu às 15h, no quilômetro 630 da BR-158, em Redenção. Os agentes abordaram um caminhão que transportava madeira da espécie Teca. O condutor apresentou nota fiscal e a Declaração de Corte e Colheita (DCC). No entanto, o local de onde a madeira estava vindo não era o mesmo que estava declarado na documentação. A carga tinha 56 m³ de madeira.

Somente em redenção, foram 56 metros cúbicos de madeira apreendidos em situação irregular (Foto: PRF)

Mais tarde, por volta das 17h, outra abordagem ocorreu no quilômetro 690 da BR-158, no distrito de Casa de Tábua. Um caminhão estava transportando madeira em estaca da espécie Acapu. O condutor não apresentou nenhum documento legal da carga e alegou que estava fazendo um frete para outro caminhoneiro que havia sofrido um acidente no dia anterior.

Os agentes da PRF fizeram diligências para encontrar o responsável pela carga e localizou o motorista e outro caminhão mencionado pelo primeiro caminhoneiro. O veículo estava carregado com a mesma espécie de madeira. O responsável por toda a carga apresentou uma Guia Florestal (GF) falsa. Após medição, foram constatados 58 m³ de madeira ao todo.

Diante dos fatos, as cargas foram apreendidas e colocadas à disposição dos órgãos ambientais competentes. Os condutores assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e comprometeram-se a comparecer em juízo quando convocados, respondendo, em tese, por crime ambiental.

Uma picape Fiat Toro foi recuperada após ter sido roubada em 2020, mediante sequestro do proprietário (Foto: PRF)

Duas picapes recuperadas em Redenção em menos de uma hora

Ainda no escopo da operação “Confim”, na sexta-feira (23), a PRF recuperou dois veículos roubados. Na primeira ocorrência, por volta das 12h40, uma equipe de agentes abordou uma picape Saveiro no quilômetro 590 da BR-158. Durante os procedimentos de fiscalização, foi constatado que os sinais identificadores do veículo estavam adulterados.

Na segunda, por volta das 13h30, os policiais abordaram uma picape Fiat Toro. Após uma inspeção minuciosa, foi constatado que o veículo tinha um registro de roubo em 2020, quando o proprietário foi vítima de um assalto mediante sequestro.

“As ocorrências foram encaminhadas às Delegacias de Polícia Civil e às Secretarias de Meio Ambiente dos municípios para os procedimentos legais cabíveis. A PRF reitera seu compromisso com a segurança nas rodovias e com ações de combate ao crime em todo o estado do Pará”, informou a corporação por nota.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!