sexta-feira, 1 de março de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Ministro Jader Filho informa que vai destinar recursos do Governo Federal para Rio Maria em resposta às enchentes

O nível da água após a cheia do rio que dá nome à cidade de Rio Maria, no sul do Pará, segue baixando, mas há previsão de novas tempestades e a gestão da prefeita Márcia Ferreira segue alerta, junto com a Defesa Civil do Estado para novas enchentes, mantendo as ações assistenciais às mais de 550 famílias atingidas
O ministro Jader Filho assegurou que está articulando ajuda para que a gestão da prefeita Márcia possa ter ainda mais recursos para amparar as famílias atingidas pela enchente em Rio Maria (Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

O ministro das Cidades, Jader Filho, informou que está acompanhando a crise da enchente em Rio Maria, no sul do Pará, e está buscando recursos para ajudar na resposta e auxílio ao município. Num vídeo divulgado nesta quinta-feira, 1º de fevereiro, ele assegurou que vai se reunir com o ministro Waldez Góes, da Integração e Desenvolvimento Regional, para buscar mais formas de atenuar os estragos e sofrimento das mais de 550 famílias atingidas.

“Amigos e amigas de Rio Maria. Estou desde o primeiro momento acompanhando as enchentes que deixaram famílias desalojadas, atingiram muitas casas e destruíram vicinais do município. Desde o início estou falando com a prefeita Márcia Ferreira para que a gente possa fazer com que que recursos do Governo Federal, de água, alimentos, combustível e colchões possam chegar como ajuda emergencial e atenuar o sofrimento. Mais uma vez, minha solidariedade às famílias”, disse o ministro paraense.

As fortes chuvas que atingem a região sul do Pará levaram a uma grave enchente que atingiu mais de 550 famílias (Foto: Prefeitura de Rio Maria)

Também nesta quinta-feira, a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Rio Maria confirmou ao Fato Regional que o nível da água segue baixando. No entanto, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) fez um novo alerta laranja (o segundo mais grave na escala de riscos) para tempestades em todos os 15 municípios do sul do Pará (Região de Integração do Araguaia). As ações assistenciais da gestão da prefeita Márcia, em conjunto com a Defesa Civil do Estado, seguem até que a crise seja totalmente controlada.

Grande parte do estado, incluindo toda a região sul do Pará, está sob alerta de tempestades que podem ocorrer até esta sexta-feira (Foto: Inmet)

alerta laranja aponta para chuvas acumuladas de 50 a 100 milímetros — a partir de 50 mm/h já é considerada chuva intensa ou violenta —, chegando ao máximo de 100 mm por dia. As chuvas podem demorar bastante e devem vir acompanhadas de rajadas de vento (60 a 100 km/h) e descargas elétricas (relâmpagos). Há risco de queda de árvores e acidentes com raios. É recomendado não estacionar veículos próximos a torres de transmissão de energia e placas de propaganda.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!